quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Entrevista com o escritor Hermes M. Lourenço

Olá, Gente! E para abrir nossa quarta-feira, vamos compartilhar essa adorável entrevista com o escritor Hermes M. Lourenço





Que sentimento é alimentado ao escrever?

          Para se escrever qualquer gênero literário, acima de tudo, tem que amar o que se faz e isso não se aprende em nenhum curso ou faculdade.  Posso lhe assegurar que este é o grande diferencial entre um ”bom livro” e “mais um livro”. Mas amor também não é tudo. Tem que agregar o conhecimento técnico para saber colocar a ideia no papel.
Sofri muito com minha primeira publicação “O Enigma do Fogo Sagrado”, quando descobri que tudo o que sabia sobre escrita literária era apenas a “ponta do iceberg”. Isso custou doze anos de estudo de livros técnicos e ainda hoje mantenho meu aperfeiçoamento sempre na busca de novos conhecimentos para surpreender e envolver meus leitores.
Já tive a oportunidade de ler livros com premissas geniais, porém sem nenhuma técnica na hora de escrever.
Isso prejudica muito o autor, pois o leitor irá criar uma impressão negativa já nas primeiras publicações.
Sem fugir do assunto, particularmente o sentimento que mais me persegue quando estou escrevendo é a obsessão pela busca da perfeição literária.



Para você, quem escreve romance é romântico? E quem escreve suspense é...?

          Ao contrário do que se pensa, o bom autor escreve um livro para seu público alvo e não para si próprio – e esse é o erro de muitos autores iniciantes.
Em meu ponto de vista não é necessário que seja romântico o escritor de romance da mesma forma que não é necessário ser um assassino para ser um escritor de suspense. Em ambos os casos é importante saber explorar a sensibilidade e é claro, neste caso para gêneros literários distintos.

O que te inspirou a escrever sobre A conspiração vermelha?

          Sempre quis escrever um livro que explorasse conspirações, alta tecnologia e apimentado com um pouco de reflexões sobre a morte.
Tudo o que está escrito no livro A Conspiração Vermelha – desde cenários, rivalidades governamentais, cobiça pelo poder e alta tecnologia – são reais. A única ficção é a trama que o protagonista Dr. Harrison está envolto na luta para salvar a vida da própria filha e é claro, o projeto Nephesus – quem ler irá compreender.
Falar sobre minha inspiração é algo complicado, pois quando começo a escrever as ideias simplesmente surgem em minha mente — como se estivesse assistindo a um filme no cinema —, onde as transporto através de palavras, criando o livro.
A Conspiração Vermelha é um livro de suspense/ ficção e não um livro histórico ou politico. Algumas pessoas que já tiveram oportunidade de ler ficaram encantadas, principalmente por utilizar cenários nacionais – Rio de Janeiro e Belo Horizonte —, para enriquecer a trama.

Quantos livros publicados você tem? Quais?

Medicina e Parapsicologia — Uma União Fundamental  — esgotado
— Porto Calvário — Esgotado
— O Enigma do Fogo Sagrado  — Novo Século Editora — Selo Novos Talentos
— Faces de um Anjo — Editora Dracaena
— A Conspiração Vermelha  — ebook – Amazon.com
— Contos para refletir — Ebook – Amazon. com  - Em breve!
— O Último Pedido — Ebook — Amazon.com — Em breve!


Já pensou em escrever algum livro de romance? Por quê?

          Já escrevi um romance. Na verdade ele nasceu de um desafio feito por um colega, para que eu escrevesse um suspense no meio do oceano e fosse postando os capítulos no wattpad.
Dessa brincadeira surgiu o livro “O Último Pedido”, que acabou se tornando um romance mesclado com suspense —76 páginas—, que agradou muitos leitores pela simplicidade e me fez refletir na possibilidade de futuramente escrever um romance com mais páginas.

O que gosta de fazer quando não está escrevendo?

      Ler, jogar xadrez, ouvir epic music e navegar pela internet.

Deixe um recadinho para nossos leitores e autores iniciantes.

          Aos autores iniciantes, para jamais desistirem. Leiam, aprimorem-se e corram atrás do sonho de publicar um livro.
Já para os leitores, espero cada vez mais surpreende-los e envolve-los com minhas estórias. Saibam que vocês são as asas que sustentam minhas publicações e sempre irei retribuir esse carinho criando obras literárias cada vez melhores, pois vocês merecem!

Em especial, gostaria de agradecer a Iris de Albuquerque, pela oportunidade desta entrevista.  ;)

Obrigada a você, Hermes! Um forte abraço.




Para mais novidades visitem a Page >>> https://www.facebook.com/Iris.Albuquerque.livros <<<

Até a próxima! Beijos!!!

Conheça também - As tantas fases do casamento
Book Trailer >> http://migre.me/fUdxS
Sinopse >> http://migre.me/fUfjn