terça-feira, 20 de maio de 2014

Entrevista com Giselle Trindade


Uma lenda sempre nos chama a atenção, não é mesmo?
Hoje iremos conhecer um pouco sobre A lenda Arthuriana, e sobre o livro Morgana e Charles, escrito por Giselle Trindade.
Dá só uma olhadinha em nosso bate papo.

Olá, Giselle, tudo bom?
Oi Íris, estou bem. É um prazer estar aqui.

1 – Você acredita em vidas passadas? Poderiam duas almas se reencontrarem para pagar algum tipo de carma?

Então, eu abordei temas em minha estória que não exatamente representam minha doutrina de vida, como por exemplo a reencarnação e a Mitologia Wiccana, mas são abordagens que se encaixaram muito bem naquele momento ali da trama. As Lendas Arthurianas inspiraram muitas crenças e mitos e não necessariamente representam o que eu acredito. Eu sou uma pessoa que não se prende por mitos e/ou crenças, e religiões.

2 – Morgana e Charles, protagonistas da lenda Arthuriana, vivem um romance conturbado, intercalando amor e ódio. O que mais podemos esperar do livro que eterniza esse momento?

O relacionamento dos dois não é conturbado, pelo contrário, eles vivem um relacionamento perfeito, um verdadeiro conto de fadas. Eles se dão muito bem e enfrentam da melhor forma possível as adversidades da vida, mas ambos erraram muito no passado e este retornará para cobrar suas dívidas.
Morgana e Charles não são exatamente os protagonistas da Lenda Arthuriana, eles são os protagonistas da minha estória, que é ambientada na Era Arthuriana. Morgana é uma personagem original da lenda, mas Charles foi criado por mim para dar uma nova versão a estória dessa personagem.




3 – E no meio do suspense que, envolve essa história, acontece uma paixão. Adoro quando o amor invade as tramas mais dolorosas e muitas vezes impiedosas. O sentimento de Morgana é correspondido?

Extremamente correspondido. Charles se apaixona por ela no exato momento em que a vê, mas eles passam por muitas dificuldades até que possa chegar o momento de ficarem juntos de verdade.

4 – Lendo um pouco mais, descubro que a protagonista é uma feiticeira! Acredito que a trama está apenas começando, minha curiosidade está correndo solta de um lado para o outro. Giselle, conto-nos um pouco mais sobre como Morgana se tornou uma elemental.

A magia elemental é passada de geração para geração. A mãe de Morgana é uma elemental muito poderosa e toda essa magia passou para sua filha. Sim, está apenas começando mesmo, já estou escrevendo o segundo livro.

5 – Contra partida, ela não se dá muito bem com seu próprio pai. Por que motivo?

Bom, a culpa não é exatamente de Morgana ou de seu pai, mas aconteceram algumas coisas no passado de Gorlois (pai de Morgana) e de sua esposa que resultaram nisso. Morgana é o espelho de sua mãe e Gorlois não consegue conviver com ela.

6 – E para dar mais apetite, no Reino de Camelot, Morgana conhece Ricardo, um Soberano que se apaixona por ela. Hum… Dois amores… Essa estória promete! Gi, nos fala um pouco sobre Ricardo, nos deixe ainda mais curiosos.

Ricardo é um personagem pelo qual tenho muito orgulho de ter criado. O amor que Ricardo sente por Morgana nunca foi correspondido, exatamente pelo fato de ela já ter se apaixonado por Charles quando o conheceu. Ele é um homem obcecado que vai atormentar bastante a vida da Morgana. Ricardo é um soberano, ele tem o poder de controlar todos os elementos, extremamente poderoso, é uma força que não deve ser subestimada.

7 – Onde podemos encontrar o livro Morgana e Charles – Uma lenda Arthuriana?

O livro está em processo final de edição e deve ser lançado em breve pela Modo Editora. O livro estará disponível no site da Modo http://modoeditora.com.br/ e em várias livrarias de e-commerce como saraiva e cultura.