quinta-feira, 10 de julho de 2014

TOCANDO EM FRENTE



Não é só clamar inocência
Que meu coração quer ouvir.
Sei de co tuas mentiras
Teus deslizes,
teus encantos.
Você desconheceu
A consciência.
Não adianta ajoelhar
Aos meus pés
Ou falar de arrependimentos.
Quando ao telefone
Não deste importância
Nem percebeste
Que eu chorava.
Caprichosamente
Fui me esquecendo de ti
E que um dia
Eu te amei.



Hoje
Estas na contra mão
Da minha alegria
Ver
Estou diferente.
Jesus me protegeu
Fez-me desviar
Dos olhos teus.
Não é só clamar inocência
Pedir perdão ou desculpas...
In (feliz) mente peço-lhe: Vá embora.
Texto do livro: Perímetro Urbano Valque Santos